Rumores
Revelados salário, prémios e regalias contratuais de Jorge Jesus
2020-04-03 19:00:00
Imprensa brasileira divulga principais detalhes do contrato do treinador do Flamengo

Os principais tópicos do contrato que liga o treinador Jorge Jesus ao Flamengo, que vai expirar em junho, foram hoje revelados pela imprensa brasileira.

O jornalista Jorge Nicola, da ESPN brasileira, divulgou qual o salário e quais os prémios por objetivos pagos pelo clube brasileiro ao técnico, para além de outras 'mordomias'.

Ficou assim a saber-se, por exemplo, que Jorge Jesus tem direito a passagens aéreas para a mulher e filhos, em classe executiva, para duas visitas por ano.

O técnico tem ainda ao serviço um carro blindado com motorista e um camarote no Maracanã, com capacidade para 12 pessoas.

O salário de Jorge Jesus é de um milhão e meio de euros por época, acrescido de um prémio de assinatura de 420 mil euros e outro de 180 mil euros, relativo ao período de dezembro e janeiro.

Todos estes valores são livres de impostos.

Ao ordenado, o treinador juntou 2,5 milhões de euros em prémios. Foram 1,5 milhões pela conquista da Libertadores e um milhão pelo triunfo no Brasileirão.

A vitória no Mundial de Clubes renderia a Jorge Jesus outro milhão e meio de euros, enquanto a Taça do Brasil representava um prémio de 800 mil euros.

O treinador recebe ainda um complemento salarial mensal de 8700 euros, para despesas habitacionais, e um prémio de 700 euros por vitória, condicionado à classificação entre os quatro primeiros do campeonato.

A equipa técnica (formada por João de Deus, Tiago Oliveira, Mário Monteiro, Márcio Sampaio, Rodrigo Araújo e Gil Henriques) custa ao clube um salário global de 1,2 milhões de euros, com cada adjunto a ter direito a cinco por cento dos prémios de Jorge Jesus.

São valores que o técnico pretende ver aumentados para renovar o contrato, embora o Flamengo já tenha avisado que estará a pedir de mais.