Prolongamento
"Ser fanático do Benfica destrói a isenção do juiz para julgar Paulo Gonçalves"
2020-04-26 15:00:00
Ana Gomes mantém a mira em Paulo Registo

Ana Gomes voltou a criticar o juiz Paulo Registo, adepto do Benfica, lembrando que o magistrado não pediu escusa do coletivo que julga Paulo Gonçalves, o ex-assessor jurídico da SAD encarnada.

Em causa está o pedido de escusa que o juiz fez em relação ao processo Football Leaks, que tem Rui Pinto como arguido, sem que tenha feito o mesmo no processo E-Toupeira, que se encontra pendente de um recurso.

"A propósito, o juiz Paulo Registo já apresentou requerimento de escusa de integrar o coletivo que vai julgar o caso E-Toupeira? É que como ser fanático do SLB lhe destrói a isenção para julgar Rui Pinto, também a destrói para julgar Paulo Gonçalves", escreveu a ativista contra a corrupção.

Recorde-se que Ana Gomes foi das primeiras a criticar o sorteio do juiz Paulo Registo para o caso de Rui Pinto e desde então tem contestado o magistrado por não pedir escusa do processo E-Toupeira.

O Tribunal da Relação de Lisboa deliberou não levar a SAD do Benfica a julgamento, mas pronunciou Paulo Gonçalves por um crime de corrupção ativa, seis crimes de violação do segredo de justiça, 21 crimes de violação de segredo por funcionário, 11 crimes de acesso indevido e 11 crimes de violação do dever de sigilo.