Prolongamento
“Partiu um génio como poucos”, escreve Messi sobre Kobe Bryant
2020-01-27 10:10:00
Astro argentino manifesta pesar pela morte do amigo

O futebolista argentino Lionel Messi manifestou tristeza pela morte de Kobe Bryant, enviando os seus sentimentos à família.

 “Não tenho palavras… Todo o meu carinho para a família e amigos de Kobe. Foi um aprazer conhecer-te e partilhar bons momentos juntos. Partiu um génio como poucos”, escreveu.

O norte-americano Kobe Bryant, 41 anos, considerado um dos maiores jogadores de sempre da Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA), morreu neste domingo, na sequência de um acidente de helicóptero em Calabasas, na Califórnia.

No helicóptero em que viajava Kobe Bryant seguiam mais quatro pessoas e nenhuma resistiu à queda do aparelho. A filha do ex-jogador é uma das vítimas.

O basquetebolista, conhecido como o 'Black Mamba' (cobra mamba negra), chegou à NBA aos 17 anos e atuou ao longo de 20 anos nos Los Angeles Lakers, tendo sido cinco vezes campeão norte-americano e duas vezes campeão olímpico (Pequim2008 e Londres2012). É um dos únicos sete atletas que ultrapassaram a marca dos 30.000 pontos na carreira.

Kobe era, até há um dia, o terceiro melhor marcador da história da NBA, com 33.643, apenas atrás de Kareem Abdul-Jabbar (38.387) e Karl Malone (36.928), tendo sido agora ultrapassado por LeBron James (33.655).

No sábado, depois de ser superado, o ex-jogador deu os parabéns a LeBron James através do Twitter: "Continua a levar o jogo para a frente King James. Muito respeito irmão".

Em abril de 2016, Kobe disputou a sua última partida na NBA, na qual marcou 60 pontos frente aos Utah Jazz, e tornou-se o jogador mais velho a anotar pelo menos 50 pontos num jogo na NBA.