Prolongamento
Jornalistas da TVI, CMTV e SIC impedidos de assistir ao Aves-FC Porto
2020-06-18 10:35:00
CNID aponta o dedo à Liga e fala em decisão “injustificada”

Os jornalistas das televisões TVI, CMTV e SIC foram impedidos de assistir ao jogo entre Desportivo das Aves e FC Porto, na Vila das Aves, “numa decisão injustificada, seja qual for a interpretação do regulamento de retoma das competições”.

Um comunicado do CNID – Associação de Jornalistas de Desporto considera a decisão “injustificável”, até porque o jornalista da TVI já pôde assistir à conferência de imprensa.

“É tão injustificável que o repórter da TVI, pelo menos, já pôde aceder ao estádio para a conferência de Imprensa de final do jogo, até porque era ele que ia fazer as perguntas em nome da pool de jornalistas. Que sentido faz ir fazer as perguntas de um jogo a que não pôde assistir? Isto é  uma intolerável entorse ao trabalho dos jornalistas”, aponta o CNID, numa nota assinada por Manuel Queiroz.

Os repórteres não puderam entrar no recinto devido à “falta de espaço” na tribuna de imprensa do estádio do Aves. Mas aquela associação não aceita a justificação.

Por outro lado, na mesma nota, lamenta-se que ainda não tenham sido tomadas medidas que permitam “um alargamento do número de repórteres-fotográficos com acesso aos jogos”.

O CNIS aponta o dedo a Pedro Proença. “A Liga tem tido compreensão pelo trabalho dos jornalistas, mas acreditamos que pode fazer mais, até porque a dimensão jornalística é essencial para o público, para os clubes e para os patrocinadores”, conclui o comunicado.