Portugal
"Varandas quer destruir FC Porto para reinar com Benfica", diz Bruno de Carvalho
2020-06-22 22:15:00
Ex-presidente leonino explica como decorre a estratégia da atual direção do Sporting

Bruno de Carvalho revela que já percebeu qual é a estratégia de Frederico Varandas no Sporting e salienta que o atual líder quer "destruir o FC Porto para reinar com o Benfica".

"O Benfica vai ficar muito forte mas depois, não percebo bem como, vai o Sporting passar para a frente", referiu Bruno de Carvalho, em declarações no seu espaço de comentário semanal no Youtube, nesta segunda-feira.

"Isto é a grande estratégia. Andámos cinco anos e meio a dizer que dos três grandes queríamos ser os maiores, não valia a pena fazer aliados. Fomos um idiotas pois bastava destruir um", ironizou o ex-presidente, deixando a garantia de que enquanto esteve na liderança do Sporting nunca pensou em destruir o rival da Segunda Circular.

"Nunca me passou pela cabeça acabar com o Benfica. Uma coisa é não gostar do Luís Filipe Vieira", destacou Bruno de Carvalho, acusando-se de ser a figura que "transformou o futebol nacional num benfiquistão", com "processos atrás de processos".

O antigo dirigente sublinhou ainda que enquanto foi presidente "queria que o Sporting fosse o melhor porque era o melhor".

Mas agora quem comanda os leões é Varandas e o ex-presidente verde e branco nota uma espécie de segunda vertente na estratégia de Frederico Varandas que passa por "lavar a alma aos sportinguistas ao dizer que vai apostar nos miúdos".

"Mas já falam em compras. O que eu vejo? Os leões vencem Tondela. Uma equipa com média de 17 e 18 anos vence os jogos todos. Mas nos jornais aparece que o Rúben Amorim quer cinco grandes reforços para proteger a formação", alertou.

Bruno de Carvalho entende ainda que o Sporting se tem dado bem, nas últimas semanas, porque "não tem nada a perder" e anda a lutar pelo terceiro lugar.

"O Rúben Amorim já tem o futuro traçado. Em dois, três anos, está num grande clube. Mesmo que não ganhe nada."