Portugal
Varandas afirma que preferiu resolver "o problema" em vez de "melhorar a equipa"
2020-02-06 22:55:00
Presidente do Sporting avança números para demonstrar trabalho feito na área financeira

Frederico Varandas falou das contas do Sporting e explicou que, para "resolver o problema" avaliado em "215 milhões" de euros, não conseguiu "melhorar competitivamente a equipa".

Numa entrevista ao Record, a ser publicada na íntegra amanhã e sábado, o presidente dos leões avançou com números, mostrando o trabalho da direção para diminuir o buraco financeiro.

"Resolver o problema que nós resolvemos. Duzentos e quinze milhões nos dois primeiros anos, este era o exercício que tínhamos de fazer, necessidades de tesouraria. Muito por dívida, para trás, mas também por desequilíbrio da estrutura, que era pesadíssima", começou por esclarecer.

"Já reduzimos esses 35 milhões de euros, de desequilíbrio por ano, pelo menos em 25, reduzimos em milhões. É possível fazer isto tudo e ainda melhorar competitivamente a equipa? Não consigo", admitiu Frederico Varandas.

Num outro excerto da entrevista, o dirigente acrescentou que "Bas Dost foi vendido por sete milhões" porque esse dinheiro era necessário para o Sporting "sobreviver" e assumiu "erros no planeamento" da época que tiveram como vítima o treinador Marcel Keizer.

Em Destaque