Portugal
V. Setúbal-Sporting é mesmo este sábado, garante a Liga
2020-01-10 22:10:00
Organismo apoia-se nos regulamentos para não adiar o encontro

O jogo entre o Vitória de Setúbal e o Sporting vai manter-se no sábado, confirmou a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, depois de os dois clubes não terem chegado a acordo para a alteração, numa reunião hoje realizada.

A Liga convocou hoje representantes das duas equipas da I Liga para uma reunião, na qual o Vitória de Setúbal reiterou o seu pedido de adiamento para uma data a acordar com o Sporting, devido ao vírus que assola o seu plantel.

“Esta hipótese só será ponderada pelo Sporting caso o Vitória aceite fazer uma junta médica que ateste a condição física dos jogadores, na qual esteja integrado o diretor clínico do emblema de Alvalade, João Pedro Araújo. Este foi um cenário recusado pelo presidente e diretor desportivo do Vitória FC, pelo que a Liga, respeitando o que está regulamentado, mantém o jogo entre os dois clubes para o horário e dia previamente agendado”, refere o organismo em comunicado.

A nota especifica que, no encontro desta tarde, convocado pela Liga “no respeito pela integridade dos Regulamentos em vigor e da competição”, estiveram presentes, além do seu presidente, Pedro Proença, o presidente do emblema sadino, Vítor Hugo Valente, e o diretor desportivo, Rodolfo Vaz, enquanto da parte do Sporting estiveram Miguel Nogueira Leite, “em representação de Frederico Varandas, com ausência justificada”, Miguel Braga, responsável de comunicação, e João Pedro Araújo, diretor clínico dos ‘leões’.

O jogo entre Vitória de Setúbal e Sporting, da 16.ª jornada da I Liga, vai, assim, realizar-se este sábado, pelas 20:30, no Estádio do Bonfim.

O plantel do Vitória de Setúbal foi afetado por uma virose, o que levou o clube a pedir o adiamento do encontro de sábado, mas o Sporting, justificando com a sobrecarga de calendário, não aceitou, com a Liga a não alterar a data por os dois clubes terem falhado um entendimento.

Na quarta-feira, fonte oficial dos sadinos indicou à agência Lusa que a sessão de treino prevista para esse dia não se tinha realizado, uma vez que “80% do plantel” estava “afetado por um vírus gripal".

Os jogadores do Vitória de Setúbal começaram a apresentar sintomas como "vómitos, febres e diarreias", na semana passada, tendo o vírus alastrado a quase todo o plantel esta semana, explicou a mesma fonte.

Hoje, o treinador dos sadinos, Julio Velázquez, indicou que na quinta-feira a sua equipa treinou com apenas um jogador, Carlinhos, "que só pôde fazer corrida", e três guarda-redes, "um da equipa principal e dois dos sub-23".

"Outros 14 ficaram no hospital, outros na cama e quatro, cinco ou seis jogadores fizeram trabalho de mobilidade. Vómitos, diarreias, febres de 39 e 40 graus foi esta a realidade a 100%", disse em conferência de imprensa.