Portugal
"Temos de pensar um bocadinho pela nossa cabeça", diz Abrantes Mendes
2019-10-10 15:15:00
Ex-presidente da Mesa da Assembleia-Geral desvaloriza eventual polémica com modelo da reunião

A forma como a Assembleia-Geral do Sporting irá decorrer tem levantado críticas em alguns associados leoninos, nomeadamente quanto ao modelo escolhido que permitirá a votação dos sócios antes de encerrar a discussão e o código de barras que estão nos boletins de voto.

Abrantes Mendes, antigo presidente da Mesa da Assembleia-Geral (AG), desvaloriza esta situação e diz que não irá ocorrer nada que já não se tenha feito em Alvalade.

"Já houve esse tipo de procedimentos nas outras assembleias e tudo correu dentro da normalidade e com observação dos mais elementares principios democráticos", diz Abrantes Mendes, em declarações à 'TSF'.

O ex-dirigente leonino diz ainda que "as pessoas hoje em dia estão atentas ao que se vai passando". Por isso, crê que as pessoas não vão ser surpreendidas com o que irá acontecer na reunião de logo mais.

"Não é dentro de uma Assembleia que as pessoas vão ficar totalmente esclarecidas. Não constitui argumento isso."

Abrantes Mendes, duas vezes candidato à presidência do Sporting em 2006 e 2011, apelou ainda aos sócios do Sporting para terem pensamento próprio: "Temos de pensar um bocadinho pela nossa cabeça e não arranjar problemas por tudo e mais alguma coisa".

O antigo líder da AG verde e branca lembra ainda que "um clube como o Sporting é um clube com importância na sociedade que não se compadece com determinado tipo de atuações. Não se pode deixar o clube à mercê de coisas de lana-caprina."

A reunião desta quinta-feira servirá para os sócios votarem o relatório e contas. A questão financeira será debatida pelos associados.

Neste sentido, o vice-presidente do Sporting, Francisco Salgado Zenha, já teve oportunidade de afirmar que a SAD ‘leonina’ está em cumprimento com os bancos, um dia depois de ter sido confirmado o acordo de reestruturação financeira.