Portugal
“Se o Aves jogasse assim no campeonato todo, ficava na I Liga”
2020-06-17 00:25:00
Sérgio Conceição destaca agressividade avense

O treinador do FC Porto revelou que tem avisado a equipa para os perigos de defrontar adversários que jogam pelo “pontinho”, depois dos dragões terem empatado com o Desportivo das Aves, esta noite.

“Estes jogos, depois da paragem, serão sempre difíceis. Com equipas que estão a lutar pelos seus objetivos. O Aves, se joga com esta agressividade no campeonato todo, fica na I Liga, não tenho dúvida nenhuma. Hoje foi uma equipa bastante agressiva, mas já estamos habituados”, comentou Sérgio Conceição, na conferência de imprensa após a partida.

O técnico portista considerou normal que uma formação pequena, perante “uma equipa forte” como o FC Porto, utilize “as armas” que tem à disposição.

“Não podemos controlar o que os adversários fazem na estratégia para o jogo, podem meter seis ou sete centrais”, afirmou.

“O pontinho vale contra nós. E é com isso que temos que contar. Daí a minha estratégia para o jogo, com gente mais móvel, que pudesse dar outras coisas e resultou, viu-se na forma fácil como chegávamos à baliza, depois era preciso meter a bola lá dentro”, insistiu o técnico dos dragões.

Quanto à ineficácia do FC Porto, assumiu que faltou "a pontinha de sorte".

"Chegámos ao último terço com facilidade, criando situações, faltou na primeira parte ser mais 'matador'. Demos continuidade e ainda fomos mais incisivos na segunda parte, falhando até o penálti, mas no global parecia tiro ao boneco, desculpem a expressão. O melhor jogador foi o guarda-redes do Aves", acrescentou.

Sérgio Conceição deixou ainda um elogio à arbitragem de Carlos Xistra, mesmo lembrando um lance em que “o árbitro precipitou-se”, referindo-se à jogada em que a bola entra na baliza do Desportivo das Aves depois de assinalada uma falta a Tomás Esteves, já no final da primeira parte.

“Não foi pelo árbitro que não conseguimos meter a bola na baliza. Carlos Xistra e restante equipa fizeram uma arbitragem positiva”, finalizou o treinador do FC Porto.