Portugal
"Respeito muito a arbitragem, mas por ficarmos calados fazem-nos de parvos"
2020-06-24 23:25:00
Natxo González contesta "fatores externos" na partida do Tondela com o Paços de Ferreira

Natxo González, treinador do Tondela, mostrou-se revoltado com a arbitragem, após a derrota de hoje frente ao Paços de Ferreira.

"Aqui [em Portugal] toda a gente fala dos árbitros e eu acho isso estranho, mas, afinal, penso que se calhar é melhor falar. Estou muito sentido, porque eu respeito muito a arbitragem, mas não aceito que não me respeitem a mim. Muitas vezes, por ficarmos calados, fazem-nos de parvos e eu não quero que me tomem por parvo. Se querem que fale dos árbitros, eu falo, mas isto vira um circo", comentou o técnico.

O treinador do Tondela considerou que o resultado foi "justo", mas insistiu em pedir "respeito".

"Foi uma partida fraca pela nossa parte e acho que tivemos muita adversidade, pelo nosso próprio jogo, pelo rival, e por fatores externos que não podemos controlar. Uma tarde para esquecer", considerou.

Natxo González reconheceu que o Paços de Ferreira "foi superior" ao Tondela.

"Estou muito dececionado com os primeiros 45 minutos. Eles entraram muito melhor, mais intensos. Estivemos mal a nível defensivo e ofensivo, coisas que estávamos a fazer bem e não fizemos, não sei porquê, pela pressão, pelo resultado, não sei. Nos minutos que tiveram transformaram a eficácia em golos. No segundo tempo, tentámos reagir, tivemos uma ocasião incrível para poder marcar golo, mas depois aparece o segundo golo e o terceiro, em que tivemos pouca sorte", comentou.

"Não podemos deixar de fazer bem o que estávamos a fazer bem e essa foi um pouco da grande deceção de hoje. Podemos ganhar, empatar ou perder, não interessa, mas os primeiros 45 minutos de hoje não são admissíveis e reconhecemos isso. A intensidade deles sobrepôs-se sobre a nossa ideia inicial do jogo e não fizemos o que estava planeado, para lutar contra essa intensidade, que era distanciarmo-nos dela. Tivemos o que merecemos por não termos feito as coisas bem", finalizou o técnico do Tondela.