Portugal
Proença diz que novo estádio "é um grande passo" para Oliveirense chegar à Liga
2019-12-14 18:45:00
Dirigente presente na reinauguração do recinto

A Oliveirense está a dar “um grande passo” para estar na I Liga de futebol portuguesa, afirmou hoje o presidente da Liga de clubes, durante a cerimónia de inauguração do renovado Estádio Carlos Osório.

A opinião de Pedro Proença foi unânime entre todas as entidades que participaram na cerimónia que decorreu no recinto desportivo localizado no centro de Oliveira de Azeméis, que contou também com a presença dos presidentes da Câmara Municipal, da Associação de Futebol de Aveiro (AFA) e da Oliveirense, assim como de um representante da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

“Recuo 10 ou 15 anos enquanto praticante e ver este antigo, mas renovado complexo desportivo, as condições que os jogadores, treinadores e árbitros vão ter emociona-me. [A Oliveirense] Está a dar um grande passo para, daqui a um curto espaço de tempo, poder ter a equipa na I Liga”, afirmou o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença.

Já o autarca, Joaquim Jorge, destacou o “dia histórico” para a Oliveirense, já que o “velhinho Estádio Carlos Osório renasce e transforma-se num estádio à altura dos pergaminhos e da história” do clube.

“Hoje preservamos e honramos o passado da Oliveirense, mas é preciso, no presente, preparar o futuro e isso significa apostar numa equipa de futebol competitiva, com ambições e que tenha a possibilidade de militar no escalão máximo do futebol e apostar numa formação desportiva de qualidade que garantirá a sustentabilidade futura do nosso clube”, frisou o edil.

Joaquim Jorge disse ainda que esta é a “melhor prenda de Natal possível” para os sócios e simpatizantes do clube, que veem desaparecer “o pesadelo das duas últimas épocas de jogar em casa alheia”, mas vincou que o novo recinto traz “mais responsabilidades” e que é necessário o trabalho conjunto dos oliveirenses para alcançar um maior patamar.

“O nome do clube representa a união dos oliveirenses neste projeto. Oliveira de Azeméis é um grande concelho e um grande concelho merece um grande clube. Este é compromisso que deixo em nome da Câmara Municipal para, juntos, trilharmos este caminho para tornarmos este clube num dos mais importantes do país”, apelou.

O presidente da AFA, Arménio Pinho, salientou a obra feita num curto espaço de tempo e desafiou a Oliveirense a trazer “o futebol feminino como uma valência para o clube”, já que as “condições começam a proporcionar-se” e o “crescimento faz-se” por essa modalidade.

Por seu lado, o presidente da Oliveirense, Horácio Bastos, reafirmou a importância do “momento que todos os oliveirenses ansiavam há muitos anos” e referiu ainda os projetos futuros de desenvolver o centro de formação e criar um centro de treinos.

O primeiro jogo na renovada casa da Oliveirense, atual 16.ª classificada da II Liga, está marcado para domingo, diante do Penafiel, que se encontra na 11.ª posição de tabela, na mesma semana em que o clube oficializou a constituição de uma Sociedade Anónima Desportiva com o investidor japonês Akhiro Kin.