Portugal
Paulo Gonçalves envolvido em transferência de jogador de Benfica e Aves
2020-06-07 10:30:00
Jornal Público avança que o ex-assessor jurídico da SAD intermediou negócio de Luquinhas

Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico da SAD do Benfica e arguido no processo E-toupeira, esteve envolvido na transferência de um jogador partilhado por Benfica e Desportivo das Aves, avançou hoje o Público.

A notícia surge um dia depois do mesmo jornal ter relatado a existência de contratos "à margem da lei" entre os dois clubes, já rebatida pelos encarnados.

"Os contratos que o Benfica faz são totalmente legais e do conhecimento das entidades competentes", reagiu fonte das águias.

Hoje, o Público adianta que Paulo Gonçalves esteve envolvido na transferência de Luquinhas, cujo passe era partilhado por Benfica e Desportivo das Aves, para o Légia de Varsóvia, em julho de 2019.

"Oficialmente, Paulo Gonçalves (...) abandonou todas as funções nesta SAD [do Benfica] a 17 de setembro de 2018, mas mantém-se nos registos de conservatória como 'secretário da sociedade'", referiu o Público.

De acordo com o jornal, a empresa intermediária foi a Profute Consultoria, constituída por Paulo Gonçalves em janeiro de 2019, mesmo que Luquinhas tenha sido representado por outra empresa (Eurofoot) desde que tinha chegado a Portugal, em 2014.

Benfica e Desportivo das Aves detinham percentagens iguais do passe do jogador, mas o crédito da transferência de Luquinhas foi na totalidade para o Benfica, como forma de reduzir as dívidas do clube minhoto face ao emblema da Luz, referiu ainda o Público.