Portugal
"Para o Sporting chegar ao segundo lugar é obrigatório vencer o FC Porto"
2020-01-03 09:25:00
Ex-sportinguista projeta o clássico de Alvalade

O antigo jogador do Sporting Carlos Xavier considera que os 'leões' estão obrigados a vencer o clássico deste domingo com o FC Porto, para a 15.ª jornada da I Liga de futebol, para ainda alimentar esperanças no título.

"Para já, o Sporting tem o primeiro objetivo de chegar ao segundo lugar e, para o conseguir, é obrigatório vencer no domingo. Não sendo assim, será muito complicado", revelou o antigo capitão do clube de Alvalade, em declarações à agência Lusa, antecipando um duelo "muito equilibrado", no qual o Estádio José Alvalade poderá pesar a favor do Sporting.

Os números denunciam um longo jejum de 10 temporadas sem vitórias do FC Porto em visitas ao estádio 'leonino' - o último êxito portista remonta à época 2008/09. Contudo, o antigo internacional português, que vestiu a camisola do Sporting durante 12 temporadas, vincou que a estatística do passado pouca diferença pode ter no presente.

"Na última década o Sporting tem sido beneficiado com mais vitórias do que o FC Porto. O historial assim o diz, mas um jogo de futebol não se rege pela história do passado e é preciso - no campo - conseguir vencer o FC Porto. Neste momento, o FC Porto está também impedido de perder pontos, porque quer chegar perto do Benfica", disse.

Na análise ao conjunto de Sérgio Conceição, Carlos Xavier, hoje com 57 anos, destacou que os 'dragões' valem "pelo seu todo", sem deixar, porém, de enfatizar a importância que os laterais portistas Alex Telles e Jesús Corona possuem na estratégia 'azul e branca'.

"O FC Porto não tem neste momento um jogador que desequilibre mais do que os outros. É uma equipa muito perigosa a atacar pelas alas, cria muitas jogadas de perigo chegando à linha final. O Sporting tem de se precaver para essa situação em que o FC Porto é forte", observou, realçando a utilidade da despenalização do extremo Bolasie para este jogo: "É um jogador fisicamente muito forte e uma ajuda preciosa."

Sobre a influência do capitão Bruno Fernandes na equipa do Sporting, Carlos Xavier reconheceu que o médio, de 25 anos, "pensa e executa muito rápido e tem a capacidade de fazer o que outros não fazem", embora tenha recusado o cenário de uma marcação 'homem a homem' no clássico, esperando apenas uma "atenção maior" ao número 'oito' dos 'leões'.

Por outro lado, o antigo jogador do Sporting admitiu que, "possivelmente", a equipa 'verde e branca' poderá voltar a recorrer ao esquema de três centrais, à imagem de algumas partidas desta época sob o comando de Jorge Silas, fazendo essa opção do técnico depender da tática dos 'dragões' e da eventual utilização de dois pontas de lança nos visitantes.

O clássico da 15.ª jornada da I Liga de futebol entre o Sporting, terceiro classificado, com 26 pontos, e o FC Porto, segundo, com 35, está marcado para este domingo, às 17:30, no Estádio José Alvalade.