Portugal
"No FC Porto não retiram a confiança aos jogadores". Manuel José critica Lage
2020-06-26 10:15:00
Ex-técnico encarnado diz que Lage é "teimoso"

Manuel José não antecipa uma situação fácil para Bruno Lage no Benfica e antevê uma saída do técnico em breve.

"A situação é complicadíssima. E está visto que não é fácil de resolver, caso contrário já tinha sido resolvida. Já antes da pandemia esta era uma crónica de um despedimento anunciado", referiu o ex-treinador benfiquista.

Em declarações no programa Grande Área da RTP 3, Manuel José salientou ainda que "lidar com a pressão é algo que também se treina" e Bruno Lage "não tem treino".

Criticando a forma de jogador do Benfica, que a seu ver "joga sempre da mesma maneira", Manuel José lamentou que Lage mude constantemente os jogadores, dando o exemplo da frente de ataque onde Carlos Vinícius, Seferovic e Dyego Sousa não têm sido titulares declarados e vão rendendo uns aos outros.

"No FC Porto não se retira a confiança aos jogadores. No Benfica retiram imediatamente", criticou, lembrando que Seferovic foi o melhor marcador no ano passado, nesta época é Vinícius e ainda chegou Dyego Sousa. Depois, Lage vai entregando a titularidade num jogo a um, no outro dá a outro avançado.

Para Manuel José está provado que Bruno Lage "não aguenta a pressão e tomá más decisões".

"Tem sido teimoso", referiu, antevendo uma saída do técnico em breve da Luz, mas não acreditando que possa chegar Jorge Jesus.

"Por causa da pandemia, o Jesus esteve um mês e meio em Portugal e não tinha renovado com o Flamengo. Depois foi para o Brasil e ainda esteve algumas semanas sem renovar. Tiveram tempo mais que suficiente para o contratar se quisessem", explicou, acreditando que Marco Silva poderia triunfar na Luz.