Portugal
"Ninguém chega a doutor sem passar pelos exames". Abel diz estar fora do título
2019-04-05 14:10:00
Treinador dos minhotos diz que "desafio para esta última fase da época" é lutar pelo "terceiro lugar"

O treinador Abel Ferreira frisou hoje sentir "muito orgulho" pelo trabalho que tem feito no Sporting de Braga e considerou que lutar com o Sporting pelo terceiro lugar da I Liga de futebol é agora o objetivo.

"[O terceiro lugar] É o nosso desafio para esta última fase da época, lutar contra um dos três grandes [Sporting], tem sido esse grande desafio nos últimos anos, aproximar [dos três grandes], estar na luta, foi com isso que me comprometi e é isso que estou a fazer", afirmou na antevisão da deslocação ao terreno do Moreirense, sábado, da 28.ª jornada.

O Braga é quarto classificado com os mesmos pontos dos ‘leões' (58) e Abel Ferreira lembrou que, esta época, a equipa chegou às meias-finais da Taça da Liga, e que perdeu no desempate por penáltis com o Sporting, e às meias-finais da Taça de Portugal com o FC Porto, "campeão em título".

Numa conferência de imprensa dominada pela palavra "orgulho" - que sente enquanto treinador, nos jogadores e de "pertencer a um clube com uma ambição desmedida" -, o treinador avisou que "há um caminho por percorrer" e que "está a ser percorrido" no seu comando.

"Mas ninguém chega a doutor sem passar pelos exames, o Braga tem que sentir muito orgulho no que tem feito", disse.

O Moreirense, quinto classificado, tem sido a grande surpresa do campeonato e Abel Ferreira espera "um jogo contra uma grande equipa, que joga muito bem e teve a competência de escolher jogadores com muita qualidade técnica".

Os bracarenses vêm de dois jogos em casa com o FC Porto, primeiro numa derrota para o campeonato (3-2) e depois para a Taça de Portugal, na terça-feira, com um empate 1-1 a ditar a eliminação nas meias-finais, depois do desaire por 3-0 na primeira mão.

Contudo, segundo Abel Ferreira, o Sporting de Braga "é uma equipa confiante e que sabe o que faz".

Sobre as críticas do presidente ‘arsenalista' às arbitragens, considerando que estas impediram o Braga de lutar pelos troféus nacionais, o treinador disse apenas que António Salvador "é o porta-voz do grupo" e que no Braga "se fala a uma só voz".

Questionado sobre se considera que o seu lugar pode estar em risco para a próxima temporada respondeu: "custa-me ouvir essa pergunta, mas se o meu lugar estiver em causa por algum motivo que seja, serei o primeiro a dizer ‘bye-bye', se assinei no ano passado é porque há um projeto a cumprir".

"O tempo do Alan já passou, temos que criar referências, jogadores que sintam esta mentalidade de vencer permanentemente. Nunca na história o Braga começou a época com um sonho tornado objetivo por vocês [jornalistas]. E essa pressão também nos ajuda a crescer. As perguntas sobre o título significam que estamos lá no meio e que está cada vez mais próximo. Vamos lutar pelo nosso sonho, que é diferente de objetivo. Temos de ir passo a passo", concluiu.

Sporting de Braga, quarto classificado, com 58 pontos, e Moreirense, quinto, com 45, defrontam-se no sábado, às 20:30, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa