Portugal
“Não gosto de ver o Bruno Lage ser tratado assim”, afirma Sérgio Conceição
2020-06-28 12:55:00
Técnico do FC Porto indica que "temos de aceitar este mediatismo"

Em conferência de imprensa de antevisão ao jogo contra o Paços de Ferreira, Sérgio Conceição foi questionado sobre a contestação a Bruno Lage, treinador do Benfica, e revela que não gosta de ver colegas de profissão a serem questionados, mesmo sabendo que isso faz parte da realidade do futebol.

“Se gosto de ver discutido um colega de profissão na praça pública como está a ser discutido o Bruno Lage? Não gosto. Temos de aceitar este mediatismo, mas não gosto de ver um colega de profissão, seja ele qual for, ser tratado assim”, afirmou Sérgio Conceição, acrescentando que não se fala no balneário do mau momento do Benfica.

Com três pontos de vantagem sobre o seu mais direto opositor, Sérgio Conceição deixa o alerta de que “nada está conquistado”, relembrando que há houve várias surpresas desde a retoma do campeonato.

Ao mesmo tempo, Sérgio Conceição sente que não pode falhar, comportamento que tem desde a chegada ao FC Porto.

“Sou uma pessoa determinada, ambiciosa, que quer sempre acertar e fazer mais e melhor. Deste o momento em que cheguei ao FC Porto, encaro todos os desafios como oportunidades para acertar”, comentou.

Em relação ao Paços de Ferreira, que se encontra na luta pela manutenção, Sérgio Conceição considera que é uma equipa “difícil” de travar e que tem boas opções no meio-campo, mas que cabe à equipa técnica e ao plantel encontrar soluções para atingir os três pontos.

“Conheço bem a dinâmica do Paços, é difícil de contrariar, mas cabe-nos a nós tornear o que tem sido um bom Paços de ultimamente. estou preparado para encontrar soluções para ganhar o jogo”, indicou.

Para o encontro referente à 29.ª jornada da I Liga, o treinador do FC Porto confirma que Zé Luís não pode dar o seu contributo à equipa portista.