Portugal
Juve Leo demarca-se do episódio de violência em Alvalade
2020-02-10 10:40:00
Claque diz que irá reunir para analisar situação

A Juventude Leonina, claque do Sporting, demarcou-se das agressões a dois dirigentes do clube e à filha de um deles, ocorridas no domingo, em Alvalade.

O grupo de adeptos leoninos garantiu ainda que irá reunir para tomar uma posição perante o sucedido, afirmando que "jamais seria tolerado qualquer ato de violência".

No domingo, o vogal Miguel Afonso e um assistente de recinto desportivo foram alvo de agressões, bem como ofensas à filha de Miguel Afonso e ao vice-presidente Filipe Osório de Castro. 

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, já veio a público criticar a claque Juve Leo e garantir que "nunca mais" terão privilégios nem mandarão no emblema de Alvalade enquanto estiver à frente do Conselho Diretivo dos leões.