Portugal
Benfica cura feridas da Champions em jornada com três novos técnicos
2019-11-28 12:40:00
Na 12.ª jornada da I Liga, José Gomes, Nuno Manta Santos e Júlio Velásquez estreiam-se em novos clubes

O campeão Benfica recebe o Marítimo, após a eliminação na Liga dos Campeões, com as ‘águias’ a procurarem ânimo interno na 12.ª jornada da I Liga, frente a um adversário que estreia um novo treinador.

O jogo está marcado para sábado, às 18:00, no Estádio da Luz, como novo relvado, numa ronda que marca o regresso do campeonato, depois de três semanas de paragem, primeiro devido aos compromissos das seleções e depois com a Taça de Portugal.

O Benfica chega a este jogo depois de eliminar o Vizela, do Campeonato de Portugal, na Taça de Portugal (2-1), e ser eliminado, a uma jornada do fim, na ‘Champions’, ao empatar (2-2) na visita ao Leipzig, onde esteve a vencer por dois golos.

Os encarnados, mesmo líderes, continuam a apresentar algumas dificuldades no seu jogo, mas no sábado são absolutos favoritos frente a um Marítimo (14.ª) que não vence há quatro jornadas – três empates, um deles com o FC Porto, e uma derrota – e que, entretanto, trocou de treinador.

A saída de Nuno Manta Santos segue-se a uma série de sete jogos sem vencer, incluindo Taça de Portugal e Taça da Liga, com a direção do clube a apostar em José Gomes, treinador que esteve até outubro no Reading, do ‘Championship’ inglês.

Para o jogo na Luz, Bruno Lage continuará sem contar com Rafa e Seferovic, o primeiro lesionado desde o final de outubro, e o suíço com uma lesão muscular ‘trazida’ da ida à seleção helvética.

Nos bancos, além da estreia de José Gomes, Nuno Manta Santos terá, curiosamente, um novo desafio, chamado para substituir o interino Leandro Pires no Desportivo das Aves, após a saída de Augusto Inácio, logo após a oitava jornada.

O Aves, 18.º e último, visita no sábado o Moreirense, 13.º, emblema que atravessa igualmente grandes dificuldades.

A formação de Moreira de Cónegos, orientada por Vítor Campelos, não vence para o campeonato há oito jogos, desde 30 de agosto, e foi eliminada da Taça em casa pelo ‘secundário’ Mafra (3-1).

Finalmente, em estreia estará também o treinador espanhol Júlio Velásquez, que em Portugal já treinou o Belenenses e foi escolhido pelo Vitória de Setúbal, que despediu Sandro e ainda teve Meyong como interino.

Os sadinos, que seguem no 12.º posto, quatro pontos acima da ‘linha de água’, recebem o Vitória de Guimarães, que é quinto classificado.

O vice-campeão FC Porto, a dois pontos do Benfica, apenas entra em campo na segunda-feira, numa jornada em que não deverá ter dificuldades para ultrapassar, no Dragão, o Paços de Ferreira (17.º e penúltimo).

O jogo é o último da 12.ª jornada, às 20:45 de segunda-feira, dia em que, antes, a partir das 18:45, o SC Braga, muito irregular está época, no nono lugar, recebe o Rio Ave, sexto.

Por último, o Sporting, quarto colocado, desloca-se ao reduto do Gil Vicente (10.º), equipa treinada por Vítor Oliveira que nas últimas duas jornadas voltou aos triunfos.

Os gilistas marcaram o regresso à I Liga com uma vitória em casa diante do FC Porto, mas depois estiveram oito jogos sem vencer, algo que apenas ultrapassaram nos dois derradeiros compromissos, com Marítimo e Aves.

Já o Sporting, está a 10 pontos da liderança e continua proibido de perder pontos, num campeonato em que já mudou de treinador e que tem sido irregular. O jogo em Barcelos está marcado para domingo, às 20:00.

A 12.ª jornada arranca na sexta-feira, com o Santa Clara (nono) a receber o Boavista (sétimo), em jogo com início marcado para as 20:30 (em Lisboa).

Programa da 12.ª jornada

- Sexta-feira, 29 de novembro:
Santa Clara-Boavista, 20:30 (19:30 locais)

- Sábado, 30 de novembro:
Moreirense-Desportivo das Aves, 15:30
Benfica-Marítimo, 18:00
Portimonense-Famalicão, 20:30

- Domingo, 01 de dezembro:
Tondela-Belenenses, 15:00
Vitória de Setúbal-Vitória de Guimarães, 17:30
Gil Vicente-Sporting, 20:00

- Segunda-feira, 02 de dezembro:
SC Braga-Rio Ave, 18:45
FC Porto-Paços de Ferreira, 20:45