Portugal
Benfica apanha FC Porto, Paços de Ferreira foge ao Portimonense
2020-06-18 00:10:00
Síntese dos jogos de hoje da 27.ª jornada da I Liga

O Benfica aproveitou hoje o deslize do FC Porto na Vila das Aves (0-0) para o apanhar na liderança da I Liga, com triunfo por 2-1 na visita ao Rio Ave, no primeiro êxito após o regresso do campeonato.

Depois de dois empates, 0-0 em casa com o Tondela e 2-2 em Portimão, a equipa de Bruno Lage venceu e igualou os 64 pontos do FC Porto, que na terça-feira não foi além de um nulo em casa do lanterna-vermelha.

O êxito dos campeões nacionais contou com reviravolta no resultado e foi construído no segundo tempo e começou logo após a primeira das duas expulsões em campo no Rio Ave, Al Musrati, aos 62, por acumulação de cartões amarelos, e Nuno Santos, aos 73, por entrada violenta. Depois, já sem interferência no encontro, o suplente Diogo Figueiras, aos 90+3, foi expulso no banco, por palavras.

Os vila-condenses adiantaram-se no marcador aos 26 minutos, num livre de Nuno Santos que contou com um desvio infeliz de Dyego Souza para Taremi, que, de cabeça, marcou, dando expressão à melhor primeira parte dos anfitriões.

A igualdade chegou no minuto seguinte à expulsão de Al Musrati, com Seferovic, que aos 48 já tinha cabeceado ao ferro, a surgir rápido a desviar nas costas do defesa.

Foi aos 87, e com o adversário reduzido a nove elementos, que na sequência de um canto o alemão Weigl se estreou a marcar pelos encarnados, ao cabecear para o 2-1 final.

Horas antes, o Paços de Ferreira deu a volta ao Belenenses, recuperando de desvantagem caseira para se impor, já nos descontos e com um autogolo, por 2-1.

Foi Cafú Phete quem, aos 90+2, foi infeliz ao desviar a bola para a própria baliza, tento que, contudo, conferiu justiça ao resultado.

Antes, Douglas Tanque marcou de penálti, aos 48, respondendo ao golo inaugural da formação lisboeta, anotado por Esgaio, logo aos seis minutos.

Na classificação, o Paços mantém o 16.º lugar, no limite da permanência, com os mesmos 28 pontos do Marítimo, no 15.º posto, mas aumentou para sete pontos a vantagem para o Portimonense, a primeira equipa em zona de descida.

Na quinta-feira, mais dois jogos, com o Boavista a receber o Vitória de Setúbal, com os 10.º e 12.º a defrontarem-se às 19:00, antecedendo o Sporting–Tondela (21:15), com os leões a repartir o terceiro lugar com o SC Braga.