Portugal
"A Páscoa costuma ser mais em abril. Já estamos a falar de Jesus?"
2020-03-06 13:45:00
Bruno Lage diz que Benfica tem "urgência" de vencer

O treinador do Benfica não está preocupado com as notícias que dão conta de um eventual regresso de Jorge Jesus ao clube encarnado e respondeu de forma curiosa.

"A Páscoa costuma ser mais em abril, não é? Já estamos a falar de Jesus? Vamos falar em abril, mais próximo da Páscoa. Não tenho receio de nada, antes pelo contrário", garantiu, quando questionado sobre a declaração do técnico do Flamengo que manifestou o desejo de regressar a Portugal.

Na conferência de imprensa de antevisão ao duelo contra o Vitória de Setúbal, Bruno Lage assumiu ainda que o Benfica parte com "vontade e urgência enorme" de voltar às vitórias e quer já fazê-lo na visita ao Estádio do Bonfim.

"A pressão que coloco é sempre máxima. No treino, procuramos a perfeição, e, no jogo, procuramos apresentar qualidade. Colocamos uma pressão enorme em procurar vitórias para deixar os adeptos felizes. Para mim, a pressão é sempre máxima", referiu Lage, em conferência de imprensa.

O treinador encarnado vê, por isso, a visita a Setúbal como a oportunidade "ideal" para testar o que vem sendo treinado.

"É um estádio onde o Benfica tem sempre dificuldades em jogar. Neste momento, é o jogo ideal para verificarmos tudo o que temos analisado e que não temos feito bem. Temos treinado muito para sermos melhores e mais consistentes. É o jogo indicado para mostrar que estamos a resolver o problema."

Bruno Lage garantiu ainda um Benfica "forte" e "determinado" na luta pelo título no campeonato que entra agora na ponta final e confirmou que Seferovic, André Almeida e Gabriel "não podem jogar". 

Quanto à questão do título, Lage lembrou que "as contas fazem-se no fim".

"Não sei se há margem ou não. O que sei é que a exigência dos adeptos e do passado obriga-nos a vencer."