Grande Futebol
Valência revela 35% de casos positivos de Covid-19 no plantel principal
2020-03-16 22:25:00
Exequiel Garay foi o primeiro jogador a ser infetado com o Covid-19

O Valência, da Liga espanhola de futebol, informou hoje, em comunicado, ter 35% de casos positivos da Covid-19 no plantel principal, depois de no mês passado ter disputado um jogo em Milão, para a Liga dos Campeões.

"Apesar das rigorosas medidas adotadas pelo clube depois de ter disputado, em 19 de fevereiro, um jogo da Liga dos Campeões, em Milão [com a Atalanta], uma zona que, dias depois, foi considerada de alto risco pelas autoridades italianas, e de ter afastado o plantel das restantes pessoas, os últimos resultados revelaram que a exposição inerente a um jogo de futebol provocou cerca de 35% de casos positivos no plantel principal", refere o clube espanhol.

O clube em que alinham os jogadores portugueses Gonçalo Guedes e Thierry Correia informa que os infetados com o novo coronavírus são elementos da equipa técnica e futebolistas, todos eles "assintomáticos", em quarentena "nas suas casas e com acompanhamento médico".

No domingo, o central argentino do Valência Ezequiel Garay, que representou o Benfica entre 2011 e 2014, revelou estar infetado com a Covid-19, sendo o primeiro futebolista da Liga espanhola a ser diagnosticado com o novo coronavírus.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com quase 60 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos.

A Itália com 2.158 mortos (em 27.980 casos), a Espanha com 309 mortos (9.191 casos) e a França com 127 mortos (5.423 casos) são os países mais afetados na Europa.

Face ao avanço da pandemia, vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.