Grande Futebol
E no fim não ganha a Alemanha na Champions
2019-03-14 16:45:00
Futebol germânico sem representantes na Liga milionária

"São 11 contra 11 e no fim ganha a Alemanha". A citação eterna de Gary Lineker, antigo avançado inglês, foi alterada nesta edição da Liga dos Campeões e bem se pode já dizer que no fim (pelo menos dos oitavos de final) quem ganhou foram os ingleses; e todos os alemães foram para casa.

Se o futebol britânico está em alta na Liga dos Campeões, a Bundesliga assiste a um cenário pouco habitual na prova milionária. É que há 13 anos que não se verificava um cenário assim do campeonato germânico não ter nenhum representante nos quartos de final da Champions.

Na altura, os dois representantes da Bundesliga nos oitavos de final da prova não conseguiram o apuramento para a fase seguinte. O Bayern foi derrotado pelo AC Milan, enquanto que o Werder Bremen caiu perante a Juventus, numa edição vencida pelo Barcelona.

De então para cá, a Bundesliga teve sempre representantes entre os oito resistentes de cada edição da Liga dos Campeões. Aliás, na época 2012/13, o futebol alemão dominou por completo ao ter duas equipas na final. Na altura, o Bayern venceu o Dortmund em Wembley.

Na edição 2018/19, a Alemanha entrou na fase de grupos com quatro equipas: Bayern, Dortmund, Schalke e Hoffenheim. 

Os três primeiros apuraram-se para os oitavos de final mas cairam todos nessa fase, ao passo que o Hoffenheim ficou em último no seu grupo F, vencido pelo City.

Curiosamente, as três equipas alemãs foram eliminadas por opositores britânicos. O Bayern caiu perante o Liverpool, o Dortmund ao pés do Tottenham e o Schalke com o City.

Sê o primeiro a comentar: