Grande Futebol
"É melhor jogar sem adeptos do que não haver jogos", realça presidente da UEFA
2020-04-20 10:00:00
Ceferin confiante no regresso das competições ainda que com limitações

O presidente da UEFA tem muito clara a ideia de que as competições devem terminar em campo, com ou sem público nas bancadas face às novas condicionantes provocadas pela Covid-19.

Numa altura em que o organismo que tutela o futebol europeu tenta articular medidas com as federações para que as ligas terminem, Aleksander Ceferin sustenta que o objetivo é concluir as provas no relvado.

"Não há prazo estipulado. Estamos a explorar uma vasta variedade de opções para ver quando as competições podem terminar, sempre com base nas datas da temporada seguinte", explica Aleksander Ceferin.

Em entrevista aos italianos do 'Corriere della Sera', o dirigente da UEFA assegura que no regresso das provas, o público poderá acompanhar os jogos pela televisão.

"No início o futebol só acontecerá na televisão, mas é melhor jogar sem adeptos do que não haver jogos".

Aleksander Ceferin destaca que esta medida poderá ajudar as pessoas a retomar uma certa normalidade, que foi interrompida nas últimas semanas devido ao surto do novo coronavírus.

"O futebol trazia de volta as emoções e a alegria", referiu Ceferin, deixando a garantia de que "estas medidas serão por um período limitado" e que "com tempo voltaremos ao normal".

"Ainda vamos ver estádios cheios, tenho a certeza disso", afiançou o presidente da UEFA, deixando ainda uma palavra para os que vão dizendo que a temporada não terminará no relvado.

"É cedo para dizermos que não podemos acabar a temporada. O impacto seria terrível para os clubes e Ligas".

Ceferin está confiante de que se podem terminar ainda que devem "respeitar as decisões das autoridades e esperar pela autorização para voltar a jogar".