Portugal
Há 15 anos o FC Porto conquistava a Europa pela segunda vez
2019-05-26 15:25:00
Dragões juntaram a Liga dos Campeões de 2004 à Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987

A final de Gelsenkirchen ocorreu há precisamente 15 anos. A 26 de maio de 2004, o FC Porto batia o Mónaco por 3-0 e conquistava a Liga dos Campeões, um ano após a vitória na Liga Europa.

Os portistas tinham sido campeões europeus em 1987 e na época de 2002/03 tinham ganho a Liga Europa, mas seriam muito poucos os que acreditavam que a formação então orientada por José Mourinho pudesse voltar a vencer a principal prova da UEFA, depois da conquista de 1987, ainda a competição se chamava Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Certo é que, depois de terminar a fase de grupos no segundo lugar, atrás do Real Madrid, os dragões apanharam o poderoso Manchester United nos oitavos de final. Depois da vitória em casa por 2-1 em casa, o FC Porto empatou em Old Trafford (1-1) com o lendário golo de Costinha já nos descontos.

Seguiu-se então o Lyon (4-2 no agregado) e o Deportivo da Corunha (vitória por 1-0 em Espanha, depois do nulo no Dragão), com o FC Porto a chegar à final, frente ao Mónaco.

Os franceses também surpreenderam ao longo da prova, eliminando Real Sociedad, Real Madrid e Chelsea no caminho até Gelsenkirchen, na Alemanha.

Na final, arbitrada pelo dinamarquês Kim Milton Nielsen, Deco (homem do jogo) conduziu os portistas a uma vitória por 3-0, com golos de Carlos Alberto, do próprio Deco e de Dmitri Alenichev.

Para esse jogo, Mourinho escolheu um onze formado por: Vítor Baía; Paulo Ferreira, Jorge Costa, Ricardo Carvalho e Nuno Valente; Costinha, Pedro Mendes, Maniche e Deco; Carlos Alberto e Derlei.

Foram ainda utilizados Alenitchev, Benni McCarthy e Pedro Emanuel, com Nuno Espírito Santo, Bosingwa, Ricardo Costa e Jankauskas a não saírem do banco.

Sê o primeiro a comentar: