Portugal
"É mentira" dizerem que querem verdade desportiva, revela Vítor Oliveira
2020-05-27 11:25:00
"Não percebem que estão a fazer os fortes ainda mais fortes", critica o técnico do Gil Vicente

Vítor Oliveira sai a público para criticar a opção tomada de autorizar os clubes a realizarem cinco substituições no recomeço do campeonato.

"Não percebem que estão a fazer os fortes ainda mais fortes. Quem tem plantéis mais fracos e desequilibrados terá dificuldade em fazer as cinco substituições, mantendo a qualidade da equipa", afirmou o treinador do Gil Vicente.

Em entrevista ao jornal A Bola, o experiente técnico realça que ter a possibilidade de realizar mais substituições por jogo "vai acentuar o desequilíbrio entre as equipas e afetar a verdade desportiva".

"Queremos a verdade desportiva? Mentira, não queremos nada", atira Vítor Oliveira, notando que irá recomeçar o "futebol-negócio e, se quiserem, o futebol-política".

Com vários anos ligados ao futebol, Vítor Oliveira olha para o estado atual da Liga e nota que esta "já nem faz qualquer sentido", apontando o dedo a "três ou quatro clubes" que tentam puxar pelos próprios interesses.

Para o recomeço do campeonato, o treinador do emblema de Barcelos nota que os jogadores não estão 100 por cento seguros.

"Não estão mais protegidos do que os profissionais de saúde. E no entanto já morreram enfermeiros e médicos."

Nesta entrevista, Vítor Oliveira mostrou-se ainda preocupado com a falta de público nas bancadas e eventuais lesões musculares que os jogadores podem ter com o regresso das provas após esta longa e forçada paragem.