Grande Futebol
Ceferin recomenda que todas as competições têm de estar terminadas em agosto
2020-04-04 22:15:00
O presidente da UEFA estabelece uma data limite para o término das competições

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, recomendou, em entrevista ao canal alemão ‘ZDF’, que todas as competições devem terminar até início de agosto.

“Temos vários planos para o recomeço das competições europeias, mas a 3 de agosto tudo terá de estar terminado. Neste momento estamos dependentes dos governos nacionais e, honestamente, acho que a melhor solução passará por jogar à porta fechada, com televisão”, afirmou Ceferin, citado pelo Jornal de Notícias.

Garantindo que não irá colocar a saúde dos jogadores em perigo, o líder da UEFA assegura que terá de haver flexibilidade por porte dos organismos, clubes e atletas.

“No dia 3 de agosto devem estar, tanto a Liga dos Campeões como a Liga Europa, terminadas. Estamos num contexto excecional e devemos ser flexíveis. Podemos jogar nas mesmas datas que as ligas locais, inclusive há mesma hora”, indicou.

Sobre a questão da liga belga, que pretende acabar a temporada e dar ao Club Brugge o título de campeão, Ceferin volta a frisar que estas decisões devem ser tomadas em conjunto.

“Podemos dizer que a temporada está encerrada e que não há campeões, nem equipas apuradas para as competições europeias… Não percebo porque existe tanta pressa em decidir algo assim. Podiam ter esperado até final de abril antes de tomar uma decisão. Isto é algo que devemos refletir todos juntos”, salientou o presidente, que já ameaçou que quem imitar a federação belga ficará de fora das competições europeias na próxima temporada.

A UEFA, a Associação Europeia de Clubes (ECA) e a Associação das Ligas Europeias (EL) emitiram, na passada sexta-feira, uma carta onde é pedido às federações que decidam os campeões “dentro do campo”.

Em Portugal, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Liga de Clubes seguiram um compromisso de recomeçar com os campeonatos em maio para que os mesmos possam ser terminados em julho, ou, no mais tardar, em agosto, medida que vem de encontro com as pretensões da UEFA.

Tags: